Maçã e mamão formosa em oferta no entreposto da Ceasa Maracanaú - Portal de Notícias CE

 


Última Hora

Divulgação topo

Divulgação 1 Matéria

 


TV Portal

quarta-feira, 10 de março de 2021

Maçã e mamão formosa em oferta no entreposto da Ceasa Maracanaú

Imagem: Thiara Montefusco

 A Ceasa em Maracanaú segue a semana com preços convidativos para os clientes do entreposto na Região Metropolitana de Fortaleza. As principais quedas de preço vão para a maçã nacional (-31,3%) e para o mamão formosa (-23,5%). Odálio Girão, analista de mercado da Ceasa, informa ao consumidor que o abacate é vendido a R$ 3,50/kg, a acerola a R$ 4,50/kg, a banana prata custa R$ 2/kg, caju a R$ 6/kg e a graviola se mantém a R$ 7/kg. “A laranja pêra é comercializada por R$ 2,80/kg e o preço começa a aumentar”, orienta o analista de mercado da Ceasa.


“Com forte colheita nos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, a maçã nacional chega ao mercado e o preço declina: sai de R$ 8 e vai para R$ 5,50/kg. No Rio Grande do Sul destacamos a produção de vários municípios: Bom Jesus, Ipê, São Francisco de Paula e Vacaria. Em Santa Catarina: Campo do Tenente, Fraiburgo, Videira e São Joaquim, que é um grande produtor; e no Paraná: Santa Fé, Porto Amazonas e Campo do Tenente. E o restante da maçã (11%) que ingressa ao mercado vem de Minas Gerais, São Paulo e Espírito Santo”, comenta Odálio Girão.

“O Ceará se destaca com a produção de 84% do mamão ofertado no mercado e 16% vem do Rio Grande do Norte. O mamão também caiu de preço, saiu de R$ 1,70 para R$ 1,30/kg. Na Grande Fortaleza, a produção vem de Guaiúba e Maranguape; na região do Vale do Jaguaribe e Litoral Leste, Limoeiro (do Norte), Jaguaruana, Russas e Aracati; e no Médio Curu, Apuiarés e Pentecoste. O Sol acentuado neste momento na região produtora matura rapidinho o fruto e tem que chegar no mercado para ser comercializado”, explica o analista de mercado da Ceasa.

No setor das hortaliças e folhosas, o repolho é comercializado por R$ 2,20/kg e o hortelã se mantém a R$ 12. O feijão verde é vendido a R$ 13, a pimenta de cheiro R$ 5/kg “e o tomate (longa vida) se mantém a um preço muito bom, de R$ 2 até R$ 2,40/kg”. A cebola pêra chega a mão do consumidor por R$ 3,70/kg; a batata inglesa sofre queda -34%, com o produto é vendido a R$ 3/kg; e a cenoura custa R$ 3/kg. “E o queijo coalho da região jaguaribana se mantém no preço de R$ 23 a R$ 25/kg”, finaliza Odálio Girão.

Fonte: SDA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Divulgação Matéria 2


 

Páginas