HMJMA estimula amamentação e doação de leite humano - Portal de Notícias CE

 


Última Hora

Divulgação topo

Divulgação 1 Matéria


TV Portal

 

quinta-feira, 26 de novembro de 2020

HMJMA estimula amamentação e doação de leite humano

fotos: Diana Vasconcelos

 O Hospital e Maternidade José Martiniano de Alencar (HMJMA), unidade de média complexidade da Secretaria de Saúde do Ceará (Sesa), do Governo do Estado, estimula a amamentação de forma permanente. No pré-parto, os profissionais orientam sobre cuidados com as mamas e reforçam os benefícios de amamentar para mães e filhos. “O alimento passa imunidade de mãe para filho e é  completo. Não precisa de mais nada. Previne câncer de mama em mulheres e fortalece a criança. São só coisas boas”, explica a pediatra e neonatologista do hospital, Cláudia Darowish.


Além de estimular a amamentação, a maternidade incentiva as pacientes a realizar doações de leite humano, alimento fundamental para o desenvolvimento dos bebês. “Há bebês internados na unidade de médio risco que são prematuros ou sofrem de alguma outra patologia, e o leite humano pode ajudar na recuperação deles. O aparelho digestivo das crianças está pronto para receber esse alimento, então não tem rejeição e é muito mais rico. A recuperação deles é mais rápida e eles se tornam mais saudáveis”, completou Cláudia.

A especialista também ressalta a importância da amamentação para o fortalecimento de vínculos entre mãe e filho. “Ele nutre, mas ele também protege e fortalece o laço entre mãe e filho”, disse. “Ao doar, você permite que bebês prematuros ou que sofrem de alguma patologia também recebam esse alimento riquíssimo, esse ato de amor e de solidariedade”, destacou a médica.

Posto de Coleta HMJMA

Dentro do HMJMA há um posto de coleta de leite humano. Nele, as pacientes recebem orientações sobre como amamentar corretamente, a melhor forma de posicionar o bebê, higienização e cuidados com ferimentos. Além disso, pacientes podem ordenhar, armazenar ou doar o leite. “O objetivo é deixarmos todas mais seguras para seguirem amamentando após a alta, mas também incentivar as doações. As pacientes recebem kits com vidros, luvas, álcool, tudo que precisam para armazenar o leite quando estiverem em casa”, conta.

O leite doado ao posto de coleta do Hospital Martiniano de Alencar é enviado para pasteurização no Hospital Geral Dr. César Calls (HGCC), unidade da rede estadual. Posteriormente, retorna para auxiliar na recuperação dos bebês internados no HMJMA. Entre as crianças beneficiadas, está à pequena Ana Letícia, nascida no oitavo mês de gestação no HGCC.

Jessica Maria dos Santos com a filha Ana Letícia

“Assim que ela nasceu, ela necessitou mamar e não pegava direito, então ficou se alimentando por sonda, com leite doado. E depois foi transferida para cá [HMJMA], para ganhar peso”, disse a mãe, Jessica Maria dos Santos de Paula, ao amamentar a filha pela primeira vez. “Sei que poderia ter sido pior, minha primeira filha nasceu aos seis meses, teve de ficar na UTI e se recuperou com leite materno. Por isso peço que continuem doando, a necessidade é grande.”, afirmou.

As doações também podem ser feitas por mães que não são pacientes da maternidade. É o caso da pediatra Jéssica Cavalcante, de 30 anos. “Doei apenas um vidro, mas sei que toda quantidade importa”, disse ela, complementando: “eu estava com excesso e meu filho não ia tomar toda aquela quantidade, então procurei doar”. O posto de coleta do HMJMA funciona de 8h às 17h, de segunda a sexta-feira. Para mais informações, as doadoras podem entrar em contato pelo telefone 3101-7713. A unidade disponibiliza transporte para recolher as doações em Fortaleza.

Assessoria de Comunicação do HMJMA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Divulgação Matéria 2

 


Páginas