Polícia Civil apreende cerca de R$ 1 milhão em bens durante operação contra organização criminosa no Ceará - Portal de Notícias CE

Portal de Notícias CE

www.portaldenoticiasce.com.br

 



Última Hora

Divulgação topo

Divulgação 1 Matéria

 


Web Rádio Portal de Notícias CE

TV Portal

 

sexta-feira, 24 de julho de 2020

Polícia Civil apreende cerca de R$ 1 milhão em bens durante operação contra organização criminosa no Ceará


A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) divulgou, na manhã desta sexta-feira (24), o balanço da segunda fase da operação “Dominus” deflagrada em Fortaleza e no Interior Norte, visando ao combate às organizações criminosas (orcrim) e à lavagem de dinheiro. Em torno de R$ 1 milhão em bens e duas armas de fogo foram apreendidos pelos investigadores, que cumpriram 16 mandados de busca e apreensão nessa quinta-feira (23). Três pessoas foram capturadas, sendo duas pessoas em Itapipoca e outra em Fortaleza.

Lavagem de dinheiro

O delegado geral, Marcus Rattacaso, explicou ainda a forma como as organizações criminosas agem para despistar os valores arrecadados por intermédio de práticas ilícitas. “A lavagem de dinheiro é feita de diversas formas por esses grupos. Seja por meio de automóveis de luxo e de patrimônios em geral, bem como a existência de dinheiro em espécie, como o apreendido durante a operação. Isso porque esses valores não deixam rastros contábeis”, explica.

A fala do delegado geral foi complementada pelo delegado Alisson Gomes, que destacou a importância da descapitalização da orcrim e a reversão desses bens para as forças de segurança do Estado. “Apuramos os crimes violentos de autoria do grupo, mas também investigamos o viés financeiro da organização criminosa, focando em seu desmantelamento e na reversão desses valores aos órgãos de segurança pública. Ou seja, para que esses bens, que antes serviam ao crime, passem a ser utilizados em seu combate pelas Polícias cearenses”, pontua.




Denúncia

A população pode contribuir repassando informações que ajudem nas prisões e apreensões de criminosos. As denúncias podem ser feitas pelo 181, que é o número do Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS); ou para o número (85) 98969-0182, que é o WhatsApp da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco). O sigilo e o anonimato são garantidos.



Com informações da SSPDS



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Divulgação Matéria 2


Páginas