Após Recomendação do MPCE, Município de Tauá adota providências para evitar filas e aglomerações - Portal de Notícias CE

Portal de Notícias CE

www.portaldenoticiasce.com.br

 



Última Hora

Divulgação topo

Divulgação 1 Matéria

 


Web Rádio Portal de Notícias CE

TV Portal

 

quinta-feira, 7 de maio de 2020

Após Recomendação do MPCE, Município de Tauá adota providências para evitar filas e aglomerações

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, quadra de basquetebol e área interna
Foto:  Página Notícias Tauá Brasil




O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), através do promotor de Justiça da comarca de Tauá Marcos Barbosa Carvalho, expediu, no dia 6, uma Recomendação ao prefeito daquele município, Fred Rêgo, bem como aos secretários de Saúde e de Segurança Pública Municipal, que adotem providências, no prazo de 48 horas, visando organizar as filas externas das agências bancárias, notadamente no período em que compreender o pagamento dos benefícios excepcionais e que atraiam grande quantidade populacional, como o auxílio emergencial por conta da pandemia do Covid-19, principalmente no entorno da Caixa Econômica Federal. 

A mesma medida também será válida nos períodos em que regularmente haja mais usuários das instituições financeiras em geral para pagamento de salários dos servidores das três esferas, aposentadorias, pensões, bolsa-família, entre outros, bem como de quaisquer outros locais que possam vir a ocorrer aglomerações. 

Como efeito da intervenção apresentada pelo representante do MPCE, efetivando providência que anteriormente, em contato informal, um Secretário já tinha manifestado ser intenção do Município realizar, na manhã desta quinta-feira (7), as pessoas que amanheceram o dia nas filas, foram levadas e acomodadas no Ginásio Poliesportivo Júlio Rêgo, no Parque da Cidade, para serem atendidas em melhores condições. O atendimento no ginásio acontece das 08h às 12h e de 13h às 16h, de segunda a sexta-feira. 

Agentes da Prefeitura disponibilizam cadeiras e água aos beneficiários, bem como prestam outros auxílios e orientações, enquanto os usuários aguardam o atendimento, realizado por um funcionário da Caixa Econômica Federal. Após o recebimento das orientações, o beneficiário segue para a agência e efetua o saque do auxílio emergencial. 

Acesse a íntegra da Recomendação

Assessoria de Imprensa

Ministério Público do Estado do Ceará

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Divulgação Matéria 2

 


Páginas