Inspetor da Polícia Civil é o terceiro agente assassinado após facções terem declarado "caça" aos policiais do Ceará - Portal de Notícias CE

Portal de Notícias CE

www.portaldenoticiasce.com.br

 



Última Hora

Divulgação topo

Divulgação 1 Matéria

 


Web Rádio Portal de Notícias CE

TV Portal

 

terça-feira, 17 de março de 2020

Inspetor da Polícia Civil é o terceiro agente assassinado após facções terem declarado "caça" aos policiais do Ceará

Imagem - Reproduzida do Blog do Fernando Ribeiro 
A Polícia Civil já tem pistas de dois homens apontados como suspeitos de envolvimento no assassinato do inspetor Valdenir Sousa, 42, morto a tiros, na noite desta segunda-feira (16) em Fortaleza. Ele foi o terceiro agente da Segurança Pública executado na Capital por bandidos após facções criminosas terem decretado uma “caçada” aos policiais no Ceará.
Valdenir era lotado no 8º Distrito Policial (Conjunto José Walter) e costumava, após o trabalho, alimentar gatos abandonados nas proximidades de um Ecoponto na Rua Holanda, no bairro Maraponga, próximo à sua residência. Na noite de ontem, após realizar essa prática, ele foi atacado por criminosos na esquina das ruas 8 e Jaime Rolemberg, no bairro Jardins Cearenses.
De acordo com o que foi apurado pela Polícia, dois bandidos em uma motocicleta se aproximaram do policial e dispararam tiros. O inspetor foi atingido com um tiro nas costas e outro no braço direito. Sua arma não foi roubada pelos assassinos, nem, outro objeto, o que afasta, inicialmente, a hipótese de um crime de latrocínio (roubo seguido de morte).
Próximo à cena do crime, a Polícia localizou uma motocicleta que teria sido usada pelos assassinos para chegar ao local do ataque.
O corpo do policial civil foi encaminhado à Perícia Forense do Ceará (Pefoce) e deve ser sepultado, hoje, na cidade de Paracuru, sua terra natal.
O caso está sendo apurado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), com o apoio da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) e Departamento de Polícia Judiciária Especializada (DPJE).
Outros agentes mortos
O inspetor Valdenir foi o terceiro agente da Segurança Pública morto no Ceará em menos de um mês, após uma facção criminosa ter declarado uma “caçada” aos policiais.
O primeiro crime aconteceu no dia 29 de fevereiro, quando bandidos mataram, a tiros, o cabo da PM Heitor de Amorim da Silva. O fato aconteceu no Distrito de Pavuna, no Município de Pacatuba, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF).
O segundo caso ocorreu na noite de 1º de março. Bandidos assassinaram, a tiros, o policial penal (agente penitenciário) Paulo Vitor Passo Teixeira, 25 anos, na favela Pau Fininho, no bairro Papicu, Zona Leste de Fortaleza. O agente voltava de uma festa e acabou errando o caminho, entrado com seu carro na favela, onde foi executado a tiros e o corpo abandonado na Rua Lauro Nogueira.
Ainda em fevereiro no dia 26, um sargento da Reserva Remunerada da PM foi morto a facadas. Tratava-se do PM Afonso Arlindo Alves Barbosa, 59 anos. Ele foi assassinado por uma mulher com a qual participava de uma bebedeira em um bar localizado na Rua 30 de Outubro, no bairro Jóquei Clube, em Fortaleza. A acusada foi presa em flagrante.
Fonte: Blog do Fernando Ribeiro 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Divulgação Matéria 2

 


Páginas