Médico da Família Ceará: 150 médicos iniciam trabalho em postos de Saúde nas comunidades de Fortaleza - Portal de Notícias CE

Portal de Notícias CE

www.portaldenoticiasce.com.br



Última Hora

Divulgação topo

Divulgação 1 Matéria





TV Portal

terça-feira, 13 de agosto de 2019

Médico da Família Ceará: 150 médicos iniciam trabalho em postos de Saúde nas comunidades de Fortaleza

(Fotos - Thiara Montefusco)
Na manhã desta segunda-feira (12), uma solenidade na Escola de Saúde Pública do Ceará Paulo Marcelo Martins Rodrigues (ESP/CE) marcou o início das atividades de 150 médicos no Programa Médico da Família Ceará em Fortaleza. Os profissionais trabalharão em postos de saúde localizados em comunidades da Capital, como parte de uma política de fortalecimento da atenção primária e das equipes de Estratégia da Saúde da Família. Com investimento de quase R$ 10 milhões do Tesouro Estadual, a ação faz parte do programa Juntos de Fortaleza, conjunto de investimentos públicos pactuados entre Governo do Ceará e Prefeitura de Fortaleza.
A cerimônia contou com a presença do governador Camilo Santana, do prefeito Roberto Cláudio, do secretário da Saúde do Ceará, Dr. Cabeto, do superintendente da Escola de Saúde Pública, Salustiano Gomes de Pinho Pessoa, da secretária da Saúde de Fortaleza, Joana Maciel, além de médicos, servidores da Saúde e lideranças políticas locais.
O Programa Médico da Família Ceará foi regulamentado pelo Governo do Ceará por decreto assinado em março de 2019, com o objetivo de estimular a qualificação e valorização de profissionais da Saúde no âmbito da atenção primária. Os médicos integrantes da política pública são qualificados por meio de curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Atenção Primária à Saúde (APS), ofertado pela ESP/CE.
“Estamos aqui em uma parceria inovadora para garantir o atendimento às famílias de Fortaleza. Quando todo o programa estiver funcionando, mais de 179 médicos vão atender toda a população de Fortaleza. É uma parceria inovadora para que a gente possa garantir saúde de qualidade para a população e ainda vamos servir de modelo para outros estados e municípios que queiram seguir o exemplo adotado no Ceará”, explicou o governador Camilo Santana durante o evento.
O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, enfatizou que logo após a cerimônia todos os profissionais passam a integrar as equipes do programa, uma conquista importante para a população mais necessitada da Capital. “Esta é uma parceria histórica entre o Estado e a Prefeitura, apenas com recursos dessas duas instituições e sem recursos do governo federal. Além disso, é uma oportunidade acadêmica porque os profissionais estão aprendendo e vão sair daqui com o título de especialista em saúde da família. Vários postos de saúde dos bairros serão atendidos”, disse.
A formação dos médicos em serviço pelo programa terá duração máxima de um ano, com pagamento de uma bolsa mensal no valor de R$ 11.865,00, além de carga horária que contemplará 1.920 horas distribuídas entre atividades práticas de treinamento em serviço, atividades didáticas presenciais e/ou a distância, que inclui a elaboração do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) e outras definidas pela coordenação do Programa.

Fazendo a diferença

A médica Laís Bressan, 25, veio de Criciúma-SC para a qualificação por meio da Escola de Saúde Pública. A catarinense sempre sonhou em trabalhar dentro da realidade comunitária e prestar serviços na atenção primária. Nesta segunda, ela inicia a experiência profissional no Posto César Cals, no bairro do Pici. Cheia do sentimento de honrar a profissão em seu papel social mais fundamental.
“Esse programa é super importante. O meu foco é medicina de família, então estar aqui para mim só vai agregar na minha carreira. Realizei a prova pensando em vir para cá fazer a diferença. Estou confiante e estimulada a iniciar o trabalho”, contou.
Fonte: Governo do Estado do Ceará

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Divulgação Matéria 2


Páginas