Novo decreto autoriza volta das aulas presenciais para o ensino superior e feiras livres, mediante protocolo - Portal de Notícias CE

 


Última Hora

Divulgação topo

Divulgação 1 Matéria


TV Portal

 


sexta-feira, 25 de junho de 2021

Novo decreto autoriza volta das aulas presenciais para o ensino superior e feiras livres, mediante protocolo

Fotos - Carlos Gibaja e Nivia Uchoa

 O governador do Ceará, Camilo Santana, anunciou na tarde desta sexta-feira (25), por meio de transmissão ao vivo nas redes sociais, a renovação do decreto estadual com medidas de combate à Covid-19. Entre as novidades, o Cariri passa praticar as mesmas condutas sanitárias das outras macrorregiões, além da autorização das feiras livres e aulas presenciais também no ensino superior. Ao lado do governador estava o secretário da Saúde do Estado, Carlos Roberto Martins Rodrigues Sobrinho (Dr. Cabeto).


Antes de passar a palavra ao Dr. Cabeto, Camilo resumiu que o cenário geral melhorou em todas os números, inclusive o Cariri, que era motivo de preocupação até a semana passada. “Com a estabilização dos números, controle melhor da pandemia e avanço na vacinação, a partir de agora os decretos estaduais valerão por duas semanas, mas as reuniões do comitê continuam a acontecer semanalmente”, informou o governador, que listou assim as principais mudanças nesse novo decreto, de acordo com o comitê:

– Todas as cinco macrorregiões cearenses passam a ter as mesmas condutas sanitárias, com horários de comércios não essenciais de rua, de shopping e alimentação fora do lar seguindo os horários estabelecidos;
– Estão autorizadas a realização das feiras livres, seguindo todos os protocolos sanitários que serão publicados no decreto;
– Autorização das aulas presenciais para o ensino superior, dando a opção ao aluno se quer ter aulas remotas, com sistema híbrido ou apenas presencial;
– Toque de recolher a partir das 23 horas está mantido, para todos os dias.

O novo decreto estadual será publicado neste sábado (26) no Diário Oficial do Estado (DOE), e terá validade até o dia 14 de julho.

Números da pandemia

Dr. Cabeto mostrou em sua fala, os principais números da pandemia no Ceará, avaliando comparativos entre a primeira e a segunda onda, assim como o acompanhamento das semanas epidemiológicas no Estado, e celebrou os números em queda, mas alertou que os cuidados devem continuar.

“Em relação aos exames para detectar o Covid-19, o Ceará, como um todo, tem caído semana a semana, e hoje estamos na casa dos 20% na taxa de positividade. Além disso, nas cinco macrorregiões temos uma queda na taxa de transmissão, que está abaixo de 1. No atendimento nas UPAs, chegamos ao final do mês com cerca de metade dos atendimentos de maio, e em cerca de 80% deles são de casos mais leves. Seguindo com números em queda também em números de internação em leitos de UTI e em enfermarias, assim como na redução do número de óbitos, com valores abaixo de 10 por dia no Ceará”, listou o titular da pasta da Saúde no Estado.

Vacinação em alta

“Continuamos fazendo todo o esforço para levar a vacina para todos os cearenses, e da forma mais rápida possível. A vacinação em massa é a única maneira de superarmos essa pandemia de vez. Inclusive, ontem recebemos mais dois lotes de imunizantes, num total de 270.900 doses de vacinas contra a Covid-19, sendo 116.200 doses da CoronaVac/Butantan, 61.100 doses da Janssen/Johnson & Johnson, e 93.600 mil doses da Pfizer/BioNtech. Essa vacina da Janssen, que é dose única e vai agilizar a imunização de pouco mais de 60 mil cearenses”, frisou Camilo, que registrou também que vacina russa Sputinik já deve chegar ao Ceará em julho.

Segundo o Vacinômetro da Sesa, o Estado contabiliza 3.871.087 doses de vacinas aplicadas em todo o Ceará, até às 17 horas do dia 23 de junho.

Ações de apoio às famílias cearenses

O governador também listou ações desenvolvidas para mitigar a crise causada pela pandemia, principalmente para as famílias em situação de vulnerabilidade social, com investimento que ultrapassa o R$ 1 bilhão, e relembrando que com isso cerca de 3 milhões de cearenses foram beneficiados com algumas dessas ações, como o pagamento da água e luz, a distribuição do vale-gás e o pagamento de auxílio emergencial para trabalhadores dos setores de eventos, cultura e alimentação fora do lar.

Pacto contra a pandemia

Governador Camilo Santana fala sobre o pacto liderado pela Assembleia Legislativa para garantir que não haja nova onda de casos de Covid-19 no Ceará. “A Assembleia Legislativa está liderando esse pacto contra a Covid no Estado e significa chamar a sociedade civil, chamar o setor produtivo, juntamente com os poderes, para não que haja um recrudescimento da pandemia no Ceará”, aponto.

Terminando a transmissão, o governador agradeceu aos esforços contínuos dos profissionais de saúde, tanto da linha de frente quanto das equipes de vacinação e relembrou dos cuidados que devemos continuar a ter. “Estamos muito mais perto do que longe de vacinar a todos, e só podemos voltar a normalidade com as vacinas, inclusive algumas cidades cearenses já estão vacinando 100% da sua população acima de 18 anos. Vamos proteger quem nós amamos, nossa família, amigos, evitar aglomerações e usar sempre a máscara. Os números têm melhorado, mas é preciso ter muito zelo e cuidado com todos”, finalizou Camilo Santana.

Ascom Casa Civil 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Divulgação Matéria 2

 


Páginas