Mulher suspeita de crimes de tortura e tráfico de drogas é presa em Iguatu - Portal de Notícias CE

 


Última Hora

Divulgação topo

Divulgação 1 Matéria


TV Portal

 


sexta-feira, 18 de junho de 2021

Mulher suspeita de crimes de tortura e tráfico de drogas é presa em Iguatu



 Uma ação realizada pela Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), nessa quarta-feira (16), resultou no cumprimento de dois mandados de prisão em desfavor de uma mulher. Ela é suspeita de crimes de tortura, tráfico de drogas e associação criminosa nos municípios de Iguatu e Várzea Alegre, ambos regiões da Área Integrada de Segurança 21 (AIS 21) do Estado. A suspeita um mulher 22 anos, foi capturada na residência do companheiro dela, no bairro Areias, em Iguatu.


O primeiro mandado de prisão em desfavor da mulher foi expedido pela 2ª Vara Criminal da Comarca de Iguatu pelo crime de tráfico de drogas. A segunda ordem judicial, uma prisão preventiva, foi expedido pela Vara Única da Comarca de Várzea Alegre, pelo crime de tortura e cárcere privado. A suspeita tem ainda antecedentes por tráfico ilícito de drogas e associação ao tráfico.

De acordo com levantamentos policiais, Acusada se apresentava com outro nome, inclusive tendo se identificado com nome falso para os policiais, e por isso, também responderá por falsidade ideológica. Ainda conforme as investigações, a mulher agia junto com outra Jovem, de 19 anos. Elas pertenciam a uma mesma organização criminosa e mantiveram uma pessoa em cárcere privado na cidade de Várzea Alegre. A jovem foi capturada no último dia 8 de junho, em cumprimento ao mandado de prisão preventiva pelos crimes de tortura, sequestro e cárcere privado. 

A Delegacia Regional de Iguatu investiga a participação da Acusada de 22 anos e outras pessoas em crimes associados ao tráfico de drogas na região. Todos os indícios subsidiarão novas diligências. A mulher de 22 ano encontra-se presa e à disposição do Poder Judiciário. 

Denúncias

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia.

As denúncias também podem ser encaminhadas para o número (88) 3581-0307, da Delegacia Regional de Iguatu. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Fonte: SSPDS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Divulgação Matéria 2

 


Páginas