SESA aponta que Pedra Branca tem a maior taxas de letalidade da Covid-19 no Ceará - Portal de Notícias CE

 


Última Hora

Divulgação topo

Divulgação 1 Matéria


TV Portal

 

quinta-feira, 20 de maio de 2021

SESA aponta que Pedra Branca tem a maior taxas de letalidade da Covid-19 no Ceará

Foto Divulgação

O site do Jornal Diário do Nordeste registro na noite de ontem (19), que o município de  Pedra Branca apresenta o maior taxas de letalidade da Covid-19 entre todos os municípios cearenses durante a pandemia. E ainda apresentou altas taxas na primeira onda - de 1º de janeiro a 30 de setembro de 2020 - e na segunda - de 1º de outubro de 2020 a 18 de maio de 2021.

Na primeira onda pandêmica, o município registrou 363 casos de Covid e 29 óbitos, atingindo taxa de letalidade de 7,98%. Era ultrapassado somente por Guaiúba, com 9%; e Penaforte, com 8,88%.  

Já na segunda onda, Pedra Branca passou a ter a segunda maior taxa de letalidade (6,85%), a partir de 321 casos e 22 óbitos. Ficou atrás apenas de Forquilha, com taxa de 7,94%, a partir de um total de 529 casos de Covid e de 42 mortes pela doença.  

Pedra Branca é seguido por, Forquilha com   5,45% e e Irauçuba com 4,68%. É o que apontam dados oficiais da plataforma IntegraSUS, da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa). As prefeituras, entretanto, tem dados diferentes.


PREFEITURAS TÊM NÚMEROS DIVERGENTES

Embora os dados do IntegraSUS apontem para tal percentual, o boletim da Prefeitura de Pedra Branca contou 1.480 casos confirmados de Covid-19 e 53 mortes, até às 15h04 desta quarta-feira (19). O que reduziria a taxa de letalidade de 7,46% para 3,58%. A cidade chegou a realizar barreiras sanitárias para conter o avanço da doença.

O boletim da Prefeitura de Forquilha também apresenta dados distintos, com 2.029 casos confirmados e 80 óbitos pelo coronavírus, com uma taxa de letalidade, portanto, de 3,94%. 

A Prefeitura de Irauçuba, porém, indica 858 casos confirmados e 54 óbitos. Os dados elevam a taxa apresentada pelo IntegraSUS, de 4,68%, para 6,29%.   


Matéria Completa no Diário do Nordeste 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Divulgação Matéria 2

 


Páginas