Ciopaer realiza transporte de décimo lote de vacinas contra a Covid-19 no Ceará - Portal de Notícias CE

 


Última Hora

Divulgação topo

Divulgação 1 Matéria

 


TV Portal

segunda-feira, 22 de março de 2021

Ciopaer realiza transporte de décimo lote de vacinas contra a Covid-19 no Ceará

 


Com o intuito de agilizar o processo de imunização em todo o Ceará, as aeronaves da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) realizaram o transporte de mais um lote de vacinas contra a Covid-19. A ação ocorreu nesse sábado (20). Esse é o décimo lote recebido pelo Estado do Ceará para dar continuidade à campanha de vacinação.

Para a missão, foram empregadas três aeronaves. Os helicópteros partiram da base da CIOPAER situada no Aeroporto Internacional de Fortaleza – Pinto Martins com destino à sete cidades do Interior do Estado. Os municípios fazem parte do plano de logística de distribuição elaborado pelo Governo do Ceará.

Ao todo ,182.850 doses de vacinas chegaram ao Ceará. Desse número, 162.600 são da CoronaVac e 20.250 da Oxford/AstraZeneca. Os imunizantes foram distribuídos para a Capital e as cidades de Acaraú, Aracati, Brejo Santo, Camocim, Limoeiro do Norte, Russas, Sobral. Eles foram transportados pelas Fênix 05, 06 e 09.

Em publicação nas redes sociais, o governador do Ceará, Camilo Santana, enfatizou a importância do rápido trabalho de distribuição das vacinas para todo o Estado. Ele destacou, que em breve, chegará também a vacina russa Sputnik V, comprada diretamente pelo Estado. “Os imunizantes serão distribuídos imediatamente para reforçar a vacinação em todos os municípios cearenses. Não temos medido esforços para acelerar a imunização da nossa população. Ontem mesmo (19) assinamos o contrato para a aquisição de 5,87 milhões de doses da Sputnik V. A previsão é de que as vacinas comecem a chegar no mês de abril”, finalizou ele.

Vacinômetro

Com a chegada do 10º lote, o Ceará recebeu um total de 1.175.250 doses de vacinas contra a Covid-19. Desse total, são 1.002.000 da CoronaVac, desenvolvida pela farmacêutica Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, e 173.250 da Oxford/AstraZeneca, do laboratório AstraZeneca e da Universidade de Oxford, produzida no Brasil pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

SSPDS


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Divulgação Matéria 2


 

Páginas