Semana inicia com queda no preço do abacate na Ceasa Maracanaú - Portal de Notícias CE

 



Última Hora

Divulgação topo

Divulgação 1 Matéria

 


TV Portal

terça-feira, 23 de fevereiro de 2021

Semana inicia com queda no preço do abacate na Ceasa Maracanaú

Imagens: Thiara Montefusco

 A semana se inicia com queda de preços no entreposto da Ceasa em Maracanaú. O abacate, por exemplo, é vendido a R$ 3,50/kg e o abacaxi oscila custa entre R$ 3 a R$ 4 a unidade, enquanto o cento da banana prata vale entre R$ 20,00 e R$ 25.


“A goiaba está a R$ 1,80/kg, excelente preço para o consumidor; assim como a laranja pera, que está com preço entre R$ 2 a 2,20/kg. Já o caju dispara de preço e vai para R$ 5/kg,” acrescenta Odálio Girão, analista de mercado da Ceasa-CE.

Preço em alta também para manga tommy (R$ 3/kg), para o maracujá (R$ 5/kg) e para a melancia (R$ 1,60/kg), que começa a disparar o preço. “O melão amarelo está a R$ 2,50/kg e a uva verde é vendida a R$ 6,00/kg”, informa o analista de mercado.

No setor das folhosas, a acelga e a alface custam a R$ 2 e R$ 1,50 a unidade, respectivamente. O repolho cai de preço e é vendido R$ 2/kg e a hortelã a R$ 12/kg. “Preço bom para as abóboras de leite, jacarezinho e caboclo, com preços variando entre R$ 2 a 2,50 kg”, pontua.

Ainda no setor das hortaliças e frutos, o feijão verde está com preço elevado, R$ 14,00/kg. O pimentão de 1ª a R$ 3,50 e o pimentão colorido a R$ 16,00/kg. “O tomate bate todos os preços dos meses anteriores e o longa vida está a R$ 2/kg e o tomate cajá a R$ 2,20/kg, excelente preço para o consumidor,” explica Girão.

A macaxeira está a R$ 2/kg, a batata doce a R$ 2,50/kg, cebola a R$ 3,70/kg e cenoura a R$ 3,50/kg. O queijo coalho, da região Jaguaribana, está variando entre R$ 22 e R$ 25/kg.

Análise de mercado

A queda no preço do abacate, segundo Odálio Girão, é devido ao ingresso do fruto no mercado em quantidade expressiva, principalmente vindo do Sudeste, de Minas Gerais (Monte Carmelo, Patrocínio, São Gotardo, Sacramento e Estiva) e do Espírito Santo (Venda Nova do Imigrante).

“São Paulo também já ingressa no mercado, por meio dos municípios de Jaboticabal, Aguaí, Mogi Guaçu, Tupã e Juquiá, todos com boa oferta do fruto, fazendo o preço diminuir nos mercados do Nordeste, principalmente para variedades Quintal, Fortuna, Margarida e o Betânia, que chega do Ceará, principalmente de Guaraciaba do Norte, Tianguá e Ubajara”, explica.

“No Litoral Leste temos Itapipoca e Trairi como município produtores e também Maranguape, que contribui com pequena oferta de abacate para o mercado local,” conclui Girão.

Ascom Ceasa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Divulgação Matéria 2


Páginas