Produção industrial do Ceará tem alta de 4,7% em dezembro e alcança o segundo melhor resultado do País - Portal de Notícias CE

 


Última Hora

Divulgação topo

Divulgação 1 Matéria


TV Portal

 

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2021

Produção industrial do Ceará tem alta de 4,7% em dezembro e alcança o segundo melhor resultado do País

Fotos - Carlos Gibaja e Thiara Montefusco

 O Ceará conseguiu o segundo melhor resultado na produção industrial do Brasil de novembro para dezembro de 2020. O crescimento da indústria cearense foi de 4,7%, ficando atrás apenas do Espírito Santo, com 5,4%. Os dados foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta terça-feira (9).


A atividade industrial no Brasil na passagem de novembro para dezembro de 2020, na série com ajuste sazonal, registrou crescimento de 0,9%. Dos 15 locais pesquisados, 11 tiveram resultados positivos. Segundo o IBGE, isso é reflexo da retomada da atividade industrial após a adoção de medidas de combate à pandemia da covid-19. Os estados que tiveram queda foram Bahia (-4,0%), Amazonas (-3,7%), Pernambuco (-2,9%) e Goiás (-0,8%).

Para o secretário do Desenvolvimento Econômico e Trabalho (Sedet), Maia Júnior, esse foi mais um resultado bastante relevante, principalmente em um ano de pandemia. “Assim como nos empregos, em dezembro de 2020 o Ceará conquistou o segundo lugar com o maior crescimento na produção industrial do país. É sem dúvida um estímulo para continuarmos trabalhando o fortalecimento da economia do nosso Ceará”.

O titular da Sedet ressaltou ainda a participação do agronegócio, da cadeia de energias renováveis e da produção de placas de aço pela Companhia Siderúrgica do Pecém, além de uma importante recuperação da indústria têxtil e de calçados. “Ceará vive um momento de fortalecimento da sua economia e temos como meta o desafio de melhorar a renda do trabalhador, gerar empregos e fazer a riqueza do Estado crescer, equilibrando a nossa participação no PIB nacional com o percentual da população cearense em relação À população do Brasil”, finalizou o secretário.

Ascom Sedet

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Divulgação Matéria 2

 


Páginas