Feira Agroecológica e Virtual é alternativa de consumo seguro em Sobral - Portal de Notícias CE

 


Última Hora

Divulgação topo

Divulgação 1 Matéria


TV Portal

 

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2021

Feira Agroecológica e Virtual é alternativa de consumo seguro em Sobral

Imagens: Cetra

 Até a próxima segunda-feira (8), a Feira Agroecológica e Solidária de Sobral recebe pedidos de cestas com produtos da agricultura familiar. Ao todo, são ofertados 33 itens, incluindo hortifrutigranjeiros, doces, mudas de cato e húmuns de minhoca. A retirada dos produtos acontece na quinta-feira (11), das 10 às 15h, na sede do Centro de Estudos do Trabalho e Assessoria do Trabalhador em Sobral (Cetra Sobral). O pedido, no valor mínimo de R$ 30, é feitos pelo Whatsapp (88) 9.8803-4111.


Desde julho do ano passado, o Cetra realiza edições virtuais da Feira Agroecológica e Solidária de Sobral. A realização do evento on-line foi uma alternativa encontrada pela entidade para atender a demanda dos próprios agricultores no período de pandemia da Covid-19. Segundo a coordenadora do Projeto Paulo Freire pelo Cetra, Cássia Paschoal, os agricultores-feirantes dispõem de um excedente de produção.

Os itens incluem a venda de curimatã e tilápia pelo preço de R$ 10, o pote de sorvete de macaxeira (100 ml) por R$ 1,50 e o litro de banha de porco por R$ 20. O café caseiro (250 g) chega à mão do consumidor por R$ 7, o maço de capim santo e de cidreira por R$ 1 cada um e o quilo de carneiro é vendido a R$ 24. Outras boas ofertas de produtos da terra são o quilo de goma fresca vendido a R$ 5, o litro de mel por R$ 25 e o pote de nata (500 g) a R$ 6.

Estímulo à comercialização

A Secretaria do Desenvolvimento Agrário estimula a promoção das vendas on-line desde o início do isolamento social. Além de colaborar na divulgação de uma série de iniciativas, baseadas em conceitos como delivery, drive trhu e feiras virtuais, o órgão do Governo do Ceará lançou o Portal da Agricultura Familiar como forma de fornecer uma vitrine da produção agrícola do Estado e aproximar consumidores e clientes.

“O Portal da Agricultura Familiar leva à população a possibilidade de um serviço onde oferta e procura se encontram num espaço virtual, possibilitando que os laços de solidariedade possam ser ampliados neste momento em que a população cearense se une no combate aos efeitos sociais e econômicos da Covid-19”, enfatiza o secretário De Assis Diniz. “Ganha o agricultor, garantindo renda para família, e ganha o consumidor, adquirindo produtos saudáveis e de qualidade”, conclui.

Fonte: SDA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Divulgação Matéria 2

 


Páginas