Pesquisadores descobrem que o maior rio do Ceará nasce em Pedra Branca - Portal de Notícias CE

Última Hora

Divulgação topo

Divulgação 1 Matéria


TV Portal

 

sábado, 12 de dezembro de 2020

Pesquisadores descobrem que o maior rio do Ceará nasce em Pedra Branca

 

Pesquisa da UECE com COGERH redefine nascente do maior rio do Ceará, o Jaguaribe


Por muito tempo acreditou-se que o maior e mais importante rio do Ceará, o Rio Jaguaribe, tinha sua nascente na Serra da Joaninha, no município de Tauá. Como é possível observar nos livros escolares, mapas e documentos oficiais, sua extensão era de 652 km. Contudo, uma pesquisa realizada pelo Laboratório de Cartografia Digital e Geotecnologia (LCDG) da Universidade Estadual do Ceará (UECE) e pela Companhia de Gestão de Recursos Hídricos do Estado do Ceará (COGERH) identifica a verdadeira nascente, localizada no Morro da Lagoa Seca, na Serra das Pipocas, nos limites entre os municípios de Tauá, Pedra Branca e Independência, o que mostra que a extensão real do Rio Jaguaribe é ainda maior, de 680 km.

A pesquisa intitulada “Expedição científica ao alto curso do Rio Jaguaribe (Ceará): identificação da nascente do possível maior rio temporário do mundo” foi publicada na última edição do Caderno de Geografia, editado pela Pontifícia Universidade Católica (PUC) de Minas Gerais (Brasil) – (QA1).



“Com essa nova expedição, utilizando equipamentos modernos, GPS, Estação Total, drones e outros, foi identificado que a nascente fica no Riacho Carrapateiras, na Serra da Lagoa Seca, município de Pedra Branca, aproximadamente no serrote do morro, em uma área maior chamada de Serra das Pipocas”, explica o professor da Uece, membro do LCDG e integrante da expedição, João Silvio Dantas de Morais. E destaca – “Esse trabalho muda todo o histórico geográfico da nascente do Jaguaribe”.

O docente esclarece, ainda, que a nascente é o local onde a água subterrânea atinge a superfície, dando origem a um rio, a um curso de água. “O que determina uma nascente de um rio é justamente a nascente mais distante de sua foz” que, nesse caso, fica no Oceano Atlântico, na região do município de Fortim, litoral Leste do Ceará.

A definição da nascente principal do Rio Jaguaribe é necessária, não apenas por uma questão de precisão geográfica, mas também por razões práticas, tendo grande importância histórica e econômica para o Estado do Ceará. Sua Bacia ocupa mais de 50% do território cearense, beneficiando mais de 80 municípios.



Para o estudo, os pesquisadores realizaram, nas últimas semanas de 2019, duas visitas à cidade de Tauá, percorrendo trechos da Serra da Joaninha e o vale dos rios Trici e Carrapateiras, afluentes desse rio. Riachos e fazendas foram também visitadas, em busca de uma definição mais precisa da origem do curso d’água, com auxílio de pesquisa documental, bibliográfica, entrevistas informais com moradores da região, além de levantamento técnico geodésico e topográfico com utilização de drones.

Clique aqui para ler artigo científico no site da revista ou aqui para o PDF.


Fonte: UECE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Divulgação Matéria 2


Páginas