Homem é preso pela Polícia Civil após matar animal doméstico em discussão em Chorozinho - Portal de Notícias CE

 



Última Hora

Divulgação topo

Divulgação 1 Matéria

 


TV Portal

quarta-feira, 16 de dezembro de 2020

Homem é preso pela Polícia Civil após matar animal doméstico em discussão em Chorozinho



 Com intuito de coibir crimes contra animais, a Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), por meio da Delegacia Metropolitana de Chorozinho, prendeu, na tarde, dessa segunda-feira (14), um homem suspeito de matar um gato, após uma discussão entre ele e proprietário da casa em que o suspeito é inquilino. O caso foi registrado no município de Chorozinho – pertencente à Área Integrada de Segurança 13 (AIS 13) do Estado. O suspeito foi autuado conforme nova redação do artigo 32, parágrafo 1°-A, da Lei de Crimes Ambientais. A alteração da lei está em vigor desde o dia 29 de setembro deste ano.

Os trabalhos policiais iniciaram assim que uma equipe da Polícia Civil foi acionada para atender uma ocorrência de briga envolvendo um inquilino e o proprietário de um imóvel. Segundo informações preliminares, no momento da discussão, iniciada por falta de pagamento de uma casa alugada pelo suspeito, o ocupante da casa teria remessado o gato no chão, por não aceitar ser cobrado pela falta de pagamento da residência. Como constam nos levantamentos da Polícia Civil, o homem teria dito que havia achado o animal na rua e estaria cuidando dele.

Em posse das características do suspeito, os policiais civis conseguiram localizar e prender o acusado de 69 anos, sem antecedentes criminais. O mesmo foi conduzido para uma unidade policial e foi autuado em flagrante pelo crime de maus-tratos a animais na forma qualificada, com previsão de pena de reclusão, de dois a cinco anos, além de multa, conforme alteração advinda com a Lei Sansão (Lei nº 14.064/2020).

Denúncias

A Polícia Civil ressalta que a população pode contribuir com as investigações repassando informações que possam ajudar na localização dos suspeitos. As denúncias podem ser feitas pelo número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou ainda para o número (85) 99676-3898, que é o WhatsApp da Delegacia Metropolitana de Chorozinho, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Divulgação Matéria 2


Páginas