Em 2020, safra agrícola de cereais, leguminosas e oleaginosas deve saltar 41,7% - Portal de Notícias CE

 



Última Hora

Divulgação topo

Divulgação 1 Matéria

 


TV Portal

sexta-feira, 11 de dezembro de 2020

Em 2020, safra agrícola de cereais, leguminosas e oleaginosas deve saltar 41,7%

Imagem: Thiara Montefusco

 O Estado do Ceará pode encerrar o ano de 2020 com uma safra de cereais, leguminosas e oleaginosas 41,7% maior ao registrado no ano passado. De acordo com o Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA /IBGE), a estimativa para este ano é de 790.895 toneladas, ante as 558.021 toneladas do ano passado. “O resultado reflete o aumento da área plantada (1,6%) e da produtividade (39,5%), o que aponta que os investimentos do Governo do Ceará foram eficientes”, comenta De Assis.


Em relação ao primeiro prognóstico de 2020, os melhores resultados se concentram em relação à produção de milho de sequeiro (+49,8%), com uma estimativa de safra de 633.381 toneladas, e de fava, 6.973 toneladas (+51,2%). No comparativo anual, outro dado é o salto da produção de sorgo: de 1.120 para 3.500 toneladas (212,5%), com uma área plantada 150% maior e uma produtividade 25% superior. Já a produção de amendoim deve crescer 40,4% em 2020, de 428 para 601 toneladas.

Já quanto à safra do feijão, o relatório do IBGE aponta que o feijão primeira safra alcançou uma safra de 119.076 t (+13%) e o de segundo safra atingirá 6.023 t (+29,6). Dados positivos também para estimativa da safra de arroz irrigado e sequeiro, que pode atingir 3.075 t (+2,9%) e para produção de soja e trigo no Ceará, que antes não eram auditados pelo instituto de pesquisa: expectativa de safra 3.000 e 5.400 toneladas, respectivamente.

“Ainda é cedo para antecipar a quadra chuvosa de 2021. Se o cenário for favorável, alcançaremos uma área plantada superior aos atuais 933.641 ha. O certo é: pelos investimentos que realizamos, através dos projetos Hora de Plantar e do São José, por exemplo, estaremos preparados para qualquer cenário e aumentarmos a produtividade, levando felicidade para o homem e a mulher do campo”, finaliza o secretário de Desenvolvimento Agrário.

Fonte: SDA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Divulgação Matéria 2


Páginas