Fortaleza - Serviço de Assistência Domiciliar do HGWA acompanhou mais de 700 idosos durante pandemia - Portal de Notícias CE

Portal de Notícias CE

www.portaldenoticiasce.com.br

 



Última Hora

Divulgação topo

Divulgação 1 Matéria

 


Web Rádio Portal de Notícias CE

TV Portal

 

sexta-feira, 14 de agosto de 2020

Fortaleza - Serviço de Assistência Domiciliar do HGWA acompanhou mais de 700 idosos durante pandemia


 Durante a pandemia de coronavírus, o Governo do Ceará, por meio da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa), reforçou as medidas de prevenção à Covid-19 em Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPS) em Fortaleza e no interior. Na capital cearense, o Serviço de Assistência Domiciliar (SAD) do Hospital Geral Dr. Waldemar Alcântara (HGWA), unidade da rede estadual, atuou em 19 abrigos, prestando assistência a mais de 700 idosos.

Uma equipe multidisciplinar montada especialmente para acompanhar os idosos realizou o atendimento especializado nas instituições. A diretora de Processos Assistenciais do SAD, Ursula Wille Campos, explica que o trabalho foi de fundamental importância para fortalecer o enfrentamento à Covid-19, amenizando o contágio e a propagação do vírus dentro dos abrigos.

“Os idosos são os pacientes que têm maior fragilidade. No mundo todo, o maior número de óbitos foi registrado dentro dos institutos que abrigam idosos. Sabendo desse risco, a gente se organizou para dar essa assistência. As equipes deram orientações sobre prevenção e realizaram o atendimento dos casos sintomáticos. Para esses, foi feito o isolamento, acompanhamento com medicação e oxigenoterapia”, afirma.

Além das visitas com orientações diversas, os profissionais também realizaram a testagem nos idosos. O acompanhamento aconteceu durante três meses e contribuiu, ainda, para evitar a internação de pacientes. “O trabalho foi realmente importante para proteger essas pessoas mais vulneráveis e, com isso, não agravar o cenário epidemiológico no Ceará, como ocorreu em outros países”, pontua Ursula.

A assistente social Camila Mesquita, da Casa de Nazaré, em Fortaleza, ressaltou o caráter integral e humanizado do atendimento do SAD aos idosos. “A importância do SAD para ILPIs é indiscutível. Eles concedem acesso à saúde de forma preventiva, permitindo uma continuidade no cuidado e uma vinculação com o paciente. Sabemos que isso resulta numa melhora na qualidade de vida dos idosos e na diminuição das hospitalizações. Além disso, os profissionais promovem educação em saúde e inúmeros outros fatores de total relevância para um acolhimento digno e saudável aos idosos institucionalizados, conforme é colocado no Estatuto do Idoso”, conta.

Dos 724 idosos atendidos pelo SAD do HGWA ao longo da pandemia, 186 apresentaram sintomas de Covid-19. Os casos menos graves foram isolados e tratados nos próprios abrigos, enquanto os mais delicados foram encaminhados a unidade de saúde de referência.

Trabalho intersetorial

O Plano de Ação para o Enfrentamento da Pandemia da COVID-19 nas ILPIs contou com o apoio do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE); Conselho das Secretarias Municipais de Saúde do Ceará (Cosems-CE); Conselho Estadual de Saúde do Ceará (Cesau); Conselho Estadual do Idoso; Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS), Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Sociedade Cearense de Reumatologia; Escola de Saúde Pública do Ceará Paulo Marcelo Martins Rodrigues (ESP/CE), entre outras instituições.

Assessoria de Comunicação do HGWA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Divulgação Matéria 2


Páginas