Trio suspeitos de cometer roubo milionário no Maranhão é preso pela Polícia Civil do Ceará - Portal de Notícias CE

Portal de Notícias CE

www.portaldenoticiasce.com.br

 



Última Hora

Divulgação topo

Divulgação 1 Matéria

 


Web Rádio Portal de Notícias CE

TV Portal

 

quinta-feira, 2 de julho de 2020

Trio suspeitos de cometer roubo milionário no Maranhão é preso pela Polícia Civil do Ceará


Três cearenses suspeitos de cometerem um roubo a residência de um empresário, no Maranhão, foram presos pela Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), depois de um trabalho realizado pela Delegacia Regional de Crateús, nessa quarta-feira (1°). Durante a ação criminosa, registrada em agosto de 2019, os homens trajavam falsos uniformes de fiscais da vigilância sanitária municipal e subtraíram bens avaliados em quase R$ 1 milhão.

O trio foi localizado em imóveis na cidade de Crateús (CE), após a troca de informações entre as Polícias Civis do Ceará e do Maranhão. Todos são naturais da cidade cearense e dois deles já possuem passagens pela Polícia no Estado. Thiago Phellipe responde por tentativa de homicídio e tráfico de drogas; e André Luis responde por roubo.

O crime ocorreu no dia 23 de agosto de 2019, na cidade de Chapadinha (MA). Na ocasião, os homens se passaram por fiscais municipais e adentraram a residência do empresário. Já no interior da casa, eles anunciaram o assalto e renderam as vítimas. Em seguida, fugiram levando em torno de R$ 1 milhão em bens.

Após tomarem conhecimento do roubo, as Polícias Civis trocaram informações e chegaram à identificação dos homens. Com isso, a Delegacia Regional de Chapadinha representou pelos mandados de prisão preventiva, que foram deferidos pela 2ª Vara da cidade maranhense. Durante as diligências realizadas em território cearense, a Polícia Civil do Ceará apreendeu aparelhos celulares. O trio foi encaminhado a uma unidade prisional, onde se encontra à disposição do Poder Judiciário. Agora, as investigações seguem em andamento no intuito de identificar se outras pessoas estão envolvidas no crime.

Fonte SSPDS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Divulgação Matéria 2


Páginas