Perfil falso e fake news leva a Polícia Civil prender autores e apreende mais de R$ 1 milhão em Acaraú - Portal de Notícias CE

Portal de Notícias CE

www.portaldenoticiasce.com.br

 



Última Hora

Divulgação topo

Divulgação 1 Matéria

 


Web Rádio Portal de Notícias CE

TV Portal

 

quarta-feira, 1 de julho de 2020

Perfil falso e fake news leva a Polícia Civil prender autores e apreende mais de R$ 1 milhão em Acaraú



No intuito de combater grupos responsáveis pela produção e divulgação de fake news na cidade de Acaraú, cerca de  238 km de Fortaleza, a Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) realizou uma operação, nessa terça-feira (30), que culminou nas apreensões de mais de R$ 1 milhão em cheques e notas promissórias no interior do Estado. A ação foi coordenada pela Delegacia Regional de Acaraú, com o apoio da Delegacia Regional de Sobral e da Delegacia de Combate aos Crimes de Lavagem de Dinheiro (DCCLD).

As investigações iniciaram após a Polícia Civil receber uma denúncia acerca de um perfil em rede social, que era responsável por publicações e disseminação de fake news de natureza política, em Acaraú, na Área Integrada de Segurança 14 (AIS 14) do Ceará. Após os primeiros levantamentos, a Delegacia Regional da cidade direcionou suas ações a fim de rastrear os endereços de IP (Internet Protocol address) das pessoas que acessavam a conta.
Com base nessas informações, a Polícia Civil representou pelo mandado de busca e apreensão, que foi deferido pelo Poder Judiciário e cumprido nessa terça-feira. Inicialmente, os policiais civis chegaram a dois alvos específicos na cidade de Acaraú. Na casa de um deles, as equipes encontraram um vasto material, como cheques e notas promissórias que totalizavam mais de R$ 1 milhão, além de R$ 5 mil em espécie. A Polícia Civil segue trabalhando na manhã desta quarta-feira (1) na contabilidade da apreensão.

Em depoimento, esse mesmo envolvido, um homem de 18 anos, confessou que realizava as publicações que tinham como foco o ataque a um grupo político da região. Todo o material foi recolhido e os policiais civis investigam a origem do material e se há ligação com algum esquema por trás das publicações em rede social. Inicialmente, os envolvidos responderão por calúnia. Com o avanço das diligências, a autoridade policial analisará se eles serão autuados por outros crimes.

O delegado titular da Delegacia Regional de Acaraú, Alailton Andrade, reforça que a Polícia Civil acompanha a divulgação desse tipo de material no mundo virtual. “A Polícia Civil continuará trabalhando e investigando a divulgação de fake news na cidade. Nós rastrearemos toda a rede de informações e as pessoas que compartilham e ajudam nesse tipo de crime. Então tenham cautela com o que vocês compartilham, porque nós estamos atentos a isso”, ressalta o delegado.

Fonte SSPDS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Divulgação Matéria 2


Páginas