Doadas mais de 22 toneladas de mangas apreendidas pela Polícia Civil em ação contra o tráfico de drogas - Portal de Notícias CE

Portal de Notícias CE

www.portaldenoticiasce.com.br

 



Última Hora

Divulgação topo

Divulgação 1 Matéria

 


Web Rádio Portal de Notícias CE

TV Portal

 

quinta-feira, 16 de julho de 2020

Doadas mais de 22 toneladas de mangas apreendidas pela Polícia Civil em ação contra o tráfico de drogas

Fotos: Ariel Gomes


Mais de 22 toneladas de manga do tipo exportação, que foram apreendidas em uma operação da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), foram doadas ao Programa Mais Nutrição, na manhã desta quinta-feira (16), em Fortaleza. Essa é a segunda vez que a Polícia Civil doa um carregamento de frutas apreendido pela Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas (DRFVC) ao programa que visa a segurança alimentar e nutricional de crianças atendidas por entidades cearenses. Em outubro de 2019, a PCCE doou 3.360 caixas também de mangas, que grupos criminosos utilizariam para esconder substâncias entorpecentes.

“Agradeço a força-tarefa da Polícia Civil, que, com dedicação e empenho, realizou a apreensão dessas frutas. São toneladas de mangas que alimentarão milhares de crianças e jovens cearenses. Precisamos garantir a segurança alimentar e nutricional de quem mais necessita e é isso que vem fazendo o Programa Mais Nutrição”, destaca a primeira-dama do Ceará, Onélia Santana.

A entrega das mangas oriundas do Vale do São Francisco foi feita na sede da Central de Abastecimento do Ceará (Ceasa-CE), no bairro Distrito Industrial, em Maracanaú. Participaram do ato os delegados titular e adjunto da DRFVC, Diego Barreto e Adriano Félix, respectivamente; e o presidente da Ceasa-CE, que também é coordenador do Mais Nutrição, Maximiliano Quintino.

Os alimentos foram apreendidos pela DRFVC durante uma operação deflagrada no bairro Vicente Pinzón, em Fortaleza, no último dia 2 de julho. Durante a ação, investigadores da especializada chegaram a um contêiner contendo mais de 22 toneladas da fruta. Entre uma caixa e outra, os suspeitos escondiam 60 quilos de cocaína, que seguiriam para a Europa. Um mineiro e um pernambucano foram presos pelos policiais civis. Um caminhão, que realizaria o transporte, também foi apreendido.

Após representação da Polícia Civil para a doação da carga alimentícia, o Poder Judiciário deferiu o pedido. A união de esforços permitiu que a ação transcendesse a área investigativa e novamente contemplasse milhares de crianças e adolescentes que são atendidos pelo Mais Nutrição. “Quero destacar a contundência dessas investigações, pois o objetivo da Polícia Civil é descapitalizar o crime organizado e essa ação foi, sem dúvidas, mais um baque nas organizações criminosas. Então, com a apreensão desse carregamento de fruta, nós aproveitamos para requerer, junto ao juiz competente, a expropriação da carga. Com a decisão, tivemos a oportunidade de ajudar ao Mais Nutrição pela segunda vez”, destaca Diego Barreto, delegado titular da DRFVC.

O Mais Nutrição em números

O Mais Nutrição integra o Programa Mais Infância Ceará e é realizado pelas secretarias de Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS), Desenvolvimento Agrário (SDA) e Central de Abastecimento do Ceará (Ceasa-CE) e Instituto Agropolos do Ceará. A iniciativa, que completou um ano no último dia 25 de junho, já distribuiu mais de 400 toneladas de alimentos que ajudaram a enfrentar a fome e promover segurança alimentar de 23.300 cearenses em 25 municípios, além de combater o desperdício de alimentos.

“É importante destacar essa parceria entre a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), por meio da Polícia Civil do Estado do Ceará, pois é a segunda vez que eles direcionam essas doações ao nosso programa, que tem toda uma parceria institucional dentro do Governo e é conduzido pela nossa primeira-dama, que tem os olhos voltados ao Mais Nutrição. Com toda certeza, muitas crianças carentes e pessoas, que estão em situação de vulnerabilidade social serão beneficiadas com essas doações”, pontuou Maximiliano Quintino, presidente da Ceasa-CE e coordenador do Mais Nutrição.

Fonte SSPDS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Divulgação Matéria 2


Páginas