Polícia Militar desarticula quadrilha que fraudava auxílio emergencial em Crateús - Portal de Notícias CE

Portal de Notícias CE

www.portaldenoticiasce.com.br

 



Última Hora

Divulgação topo

Divulgação 1 Matéria

 


Web Rádio Portal de Notícias CE

TV Portal

 

quinta-feira, 25 de junho de 2020

Polícia Militar desarticula quadrilha que fraudava auxílio emergencial em Crateús

Por volta das 17h de ontem, 24, durante patrulhamento de rotina na cidade de Crateús, uma equipe do Comando de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio) da Polícia Militar do Ceará (PMCE) prendeu três indivíduos com um revólver calibre .32 e um vasto material que estava com eles.

A ação da PMCE ocorreu próximo ao Ginásio Poliesportivo Deromi Melo, onde dois indivíduos em atitude suspeita em uma motocicleta foram abordados, na rua Barão do Rio Branco pelo fato de o garupeiro, ao avistar os policiais, ter jogado uma mochila no chão. Após verificação nessa mochila, os agentes de segurança pública encontraram um notebook e diversos chips telefônicos.

Um suspeito   conduzia a motocicleta, estava com R$ 150,15 no bolso e informou aos PMS, no momento da abordagem, ser o proprietário dos objetos na mochila. Além disso, confessou a eles, ao ser indagado, que se tratava de aparatos para fraudes ao auxílio emergencial do Governo Federal e que no notebook continha milhares de dados, como nomes de pessoas, números de Cadastro de Pessoa Física (CPF) e demais arquivos para o mesmo fim. Comunicou, ainda, que nos últimos dias teria movimentado mais de R$ 50.000,00, não tendo sequer noção de quanto teria movimentado anteriormente, pois teria gasto todo o dinheiro em festas e com drogas.

O suspeito confessou, também, que Crateús tem uma grande quadrilha atuando nos mesmos crimes, nos quais ele havia ensinado a várias pessoas como proceder tal fraude, e explicou detalhadamente à guarnição como eram os procedimentos e recebia ajuda de uma pessoa de São Paulo que o ajudava na invasão dos bancos de dados onde eram extraídas todas as informações. Apontou que na residência dele teriam vários chips telefônicos guardados, já utilizados na prática delituosa, como também diversos cartões bancários de origem desconhecida. Posteriormente, a veracidade das informações foram constatadas após buscas dos policiais.

Já o garupeiro, informou que participava apenas fazendo os saques e recebia uma quantia não informada como pagamento, confessando também que possuía uma arma de fogo que estaria em sua residência, onde nela se encontrava uma pessoa, que segundo os mesmos também praticava os saques em troca de pagamentos.

Os policiais se deslocaram até o local informado e comprovaram o que havia sido dito pelo segundo suspeito. Lá, capturaram o terceiro envolvido,  que salientou que a prática era comum e diária e, inclusive, iriam fazer movimentações ainda naquele dia.

Diante dos fatos, os três suspeitos foram presos e conduzidos à Delegacia Regional de Crateús para as medidas cabíveis – na qual dezena de pessoas estiveram presentes para registrar Boletim de Ocorrência por terem seus auxílios fraudados – e onde o trio foi enquadrado em flagrante delito no artigo 288 do Código Penal Brasileiro (Associação Criminosa), além do artigo 12 da Lei 10826 (Posse ilegal de arma de fogo).

Com o trio, foi apreendido o material listado a seguir, também apresentado na Delegacia onde o inquérito foi instaurado:

01 notebook contendo vasto material para fraudes
01 revólver calibre .32
02 munições picotadas
88 chips telefônicos
14 cartões de crédito diversos de origem desconhecida
R$ 150,15 em espécie
02 vales transporte
03 aparelhos celulares

Assessoria de Comunicação da PMCE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Divulgação Matéria 2


Páginas