Ceará - Projeto Paulo Freire investe R$ 7,9 milhões na implantação de 2.499 sistemas de reuso d´água - Portal de Notícias CE

Portal de Notícias CE

www.portaldenoticiasce.com.br

 



Última Hora

Divulgação topo

Divulgação 1 Matéria

 


Web Rádio Portal de Notícias CE

TV Portal

 

terça-feira, 16 de junho de 2020

Ceará - Projeto Paulo Freire investe R$ 7,9 milhões na implantação de 2.499 sistemas de reuso d´água


O custo relativamente baixo, entre R$ 3 mil e R$ 3,6 mil, é o principal atrativo dos sistemas de reuso d´água de cinzas domiciliares. A tecnologia social implantada pelo Projeto Paulo Freire em 80 comunidades rurais é responsável pelo reaproveitamento das águas de pias, lavanderias e chuveiro para utilização em quintais produtivos. O resultado é o emporamento feminino e a produção agroecológica com geração de renda para 2.499 famílias em 16 municípios cearenses.

A agricultora Antônia Alves representa uma das 31 famílias atendidas pelo projeto na comunidade Inácio José, em Quiterianópolis. Antes do Paulo Freire, D. Antônia cuidava apenas de três pés de ata. Hoje, o quintal ganhou novas cores e sabores com o mamão, maracujá, laranja, graviola, acerola, imbú, morango, coco, limão, pimentinha, pimentão, coentro, cebolinha, tomate cereja, urucum, boldo, capim santo e erva-cidreira, além da leucena e da palma forrageira.

“Era difícil porque a nossa (água) era pouca e, mesmo com pouca água, passamos a reaproveitar pelo reuso. Hoje, é essa beleza só”, mostra orgulhosa o resultado do projeto no quintal. Parte da produção serve de segurança alimentar para a família, que inclui ainda o marido e três filhos, e outra parte é vendida e trocada com os vizinhos. Além dos quintais produtivos, a comunidade rural é atendida com planos de investimento em apicultura, avicultura caipira e artesato.

O Projeto Paulo Freire tem como objetivo reduzir a pobreza e elevar o padrão de vida de agricultores familiares em 31 municípios cearenses, através da inclusão social e econômica. As comunidades rurais atentidas possuem alguns dos mais baixos Índices de Desenvolvimento Humano (IDH), critério adotado pelo Fundo Internacional de Desenvolvimento da Agricultura (FIDA), e o público prioritário do projeto são jovens, mulheres e povos e comunidades tradicionais.

André Gurjão - Ascom SDA Texto e Foto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Divulgação Matéria 2


Páginas