Ação conjunta da Receita Federal e da Polícia Civil resulta na apreensão de skunk e prisão de dupla em Fortaleza - Portal de Notícias CE

Portal de Notícias CE

www.portaldenoticiasce.com.br

 



Última Hora

Divulgação topo

Divulgação 1 Matéria

 


Web Rádio Portal de Notícias CE

TV Portal

 

quinta-feira, 7 de maio de 2020

Ação conjunta da Receita Federal e da Polícia Civil resulta na apreensão de skunk e prisão de dupla em Fortaleza



Uma ação integrada da Receita Federal do Brasil com a Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) – por meio da Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas (DCTD) – resultou na apreensão de 5,6 quilos de maconha do tipo skunk (um tipo de droga derivada da Cannabis e produzida em laboratório), além das prisões de um homem e uma mulher. A ofensiva policial foi realizada, na manhã desta quarta-feira (6), no bairro Jardim Cearense, na Área Integrada de Segurança 9 (AIS 9) de Fortaleza.

A ofensiva policial capturou primeiramente uma mulher de 33 anos, sem antecedentes criminais. Ela seria a responsável por receber o material ilícito. 

A captura ocorreu em uma residência na Rua Paulo Cândido, no bairro Jardim Cearense. Após a prisão, a mulher confirmou que a carga ilícita seria entregue para um primo. Com as informações, a Polícia Civil foi a residência do mesmo,  já responde por tráfico de drogas, no bairro Maraponga (AIS 9).

As investigações apontam que a droga apreendida na ação seria oriunda do estado do Acre e que esta era a terceira vez que a acusada recebia a encomenda em sua residência. A dupla foi encaminhada para a sede da DCTD, onde foram autuados em flagrante por tráfico e associação para o tráfico de drogas. A PCCE segue investigando os fatos a fim de identificar outros partícipes da ação criminosa.

Denúncias

A população pode colaborar com os trabalhos investigativos repassando informações que tenha conhecimento sobre o tráfico de drogas e de suspeitos com envolvimento na atividade ilícita. As denúncias podem ser feitas para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), para o (85) 3472-1550, da DCTD, ou ainda para o número (85) 98895-5749, que é o WhatsApp da Divisão, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Fonte SSPDS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Divulgação Matéria 2

 


Páginas