Quase oito mil ocorrências por descumprimento de decreto estadual é registrado no Ceará - Portal de Notícias CE

Portal de Notícias CE

www.portaldenoticiasce.com.br

 



Última Hora

Divulgação topo

Divulgação 1 Matéria

 


Web Rádio Portal de Notícias CE

TV Portal

 

terça-feira, 7 de abril de 2020

Quase oito mil ocorrências por descumprimento de decreto estadual é registrado no Ceará


Plant%25C3%25A3o%2BPortal%2B190
Do dia 20 de março a 5 de abril, a Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops) da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) já atendeu 7.836 ocorrências por descumprimento ao Decreto Estadual N° 33.519, assinado pelo governador Camilo Santana, como medida de combate à Covid-19. Desse número, 3.891 referem-se às aglomerações de pessoas e 3.945 são de denúncias acerca de comércios abertos. Os dados abrangem os núcleos da Ciops em Fortaleza, Sobral e Juazeiro do Norte.
Em muitos desses casos, a tecnologia tem auxiliado as Forças de Segurança na fiscalização do decreto. Foi o caso de uma ocorrência registrada nesse domingo (5), quando um dos operadores do Núcleo de Videomonitoramento (Nuvid) da Ciops visualizou várias pessoas em um areninha na Praia do Futuro – Área Integrada de Segurança 10 (AIS 10) de Fortaleza. Uma equipe da Polícia Militar do Ceará (PMCE) se deslocou até o local, onde manteve contato com os atletas e os orientou sobre a necessidade do respeito ao período de isolamento social.
Duas ações preventivas também foram registradas no sábado (4) e contaram com o apoio das câmeras de videomonitoramento da Ciops. Feirantes em dois pontos distintos da Capital foram orientados a desmontarem suas barracas para evitar a aglomeração de pessoas. O primeiro acionamento ocorreu por volta das 7h22min, os operadores da Ciops enviaram a informação às composições que patrulhavam pelo bairro Bonsucesso (AIS 6). No local, os profissionais de segurança dialogaram com os cidadãos e as barracas foram desmontadas. O mesmo ocorreu no bairro Benfica, na AIS 5 de Fortaleza, onde os proprietários de uma barraca de feira também foram informados sobre o decreto.

“Nossos operadores utilizam as câmeras que estão disponíveis em todo o Estado do Ceará e fazem um trabalho de acompanhamento criterioso, verificando os locais que as pessoas ainda insistem em descumprir o decreto governamental. Então os profissionais do Nuvid têm consciência de cada ponto onde o funcionamento é permitido. Quando se observa que a distância mínima e outras medidas segurança não estão sendo atendidas nesses locais, nós criamos a ocorrência e mandamos as viaturas até lá para orientar a população”, destaca o tenente coronel da PMCE, Alber Campos, supervisor do Nuvid da SSPDS.

Autuações em todo o Estado

Pessoas que insistam em desobedecer ao decreto podem ser conduzidas a delegacias da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) e serem autuadas 286 do Código Penal Brasileiro, por infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa. Também do dia 20 de março a 5 de abril, 51 ocorrências contra estabelecimentos comerciais foram registradas em unidades da PCCE, de acordo com dados compilados pela Gerência de Estatística e Geoprocessamento (Geesp) da Superintendência de Pesquisa e Estratégia de Segurança Pública (Supesp).
Fonte SSPDS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Divulgação Matéria 2

 


Páginas