Quixadá: Após reagir a assalto universitário foi assassinado . - Portal de Notícias CE

Portal de Notícias CE

www.portaldenoticiasce.com.br


Última Hora

Divulgação topo

Divulgação 1 Matéria


Web Rádio Portal de Notícias CE

TV Portal

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2020

Quixadá: Após reagir a assalto universitário foi assassinado .

Walace Lucas foi executado após reagir a assalto, em Quixadá.
O assassinato do universitário Walace Lucas Mesquita Meireli deixou muitos quixadaenses indignados com a possível motivação do crime. A banalidade assusta os cidadãos, que estão à mercê da criminalidade. As autoridades já trabalham com o objetivo de prender o autor do delito. Lucas foi morto quando seguia para a faculdade.
Os primeiros levantamentos da polícia militar apontam que um indivíduo trajando roupa preta, pilotando uma motocicleta Fan, de cor vermelha, abordou a vítima na rua Estudante Antônio Brito, próximo ao Terminal Rodoviário, na tentativa de roubar sua mochila. Walace reagiu e não entregou, em contrapartida, o indivíduo disparou contra a vítima, atingido seu rosto, logo abaixo do olho direito.
Também há outra linha de investigação que a Polícia Civil já tem conhecimento.
Em toda a cidade, moradores comentam sobre o bárbaro assassinato e cobram das autoridades policiais que o criminoso seja capturado, para que não haja impunidade. Muitos amigos do universitário lamentaram o caso através das redes sociais. Ele que  trabalhava e cursava biomedicina no Centro Universitário Católica de Quixadá. A instituição se manifestou em nota.
A UNICATÓLICA manifesta profundo pesar pelo falecimento de Walace Lucas Mesquita Meireli, funcionário e aluno da Instituição. Nossos sinceros sentimentos aos familiares e as nossas orações. Confortem-nos as palavras da fé, que nos asseguram a certeza da vida eterna junto de Deus e a esperança da ressurreição. #Luto

“No meu coração correm lágrimas de dor e saudade. Por quê, amigo? Por que você teve que partir? Vou sentir saudades e recordar você eternamente! LUTO.”, escreveu Romário Sousa, lamentando a morte de Walace.
A Delegacia Regional de Polícia Civil (DRPC), investiga o crime.
Fonte:Revista Central

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Divulgação Matéria 2




Páginas