Picada de escorpião? Saiba o que fazer e como prevenir acidentes - Portal de Notícias CE

Portal de Notícias CE

www.portaldenoticiasce.com.br




Última Hora

Divulgação topo

Divulgação 1 Matéria


Web Rádio Portal de Notícias CE

TV Portal

sábado, 29 de fevereiro de 2020

Picada de escorpião? Saiba o que fazer e como prevenir acidentes

imagens internet


Nesse período de chuvas é preciso se prevenir para evitar acidentes com escorpiões que procuram abrigo em residências para escapar das inundações no ambiente subterrâneo.
O fluxo de água no habitat natural pode fazer com que venham à superfície por meio de redes de esgoto e luz, o que possibilita o contato com as pessoas aumentando o risco de acidentes.
“Eles costumam procurar abrigos escuros e úmidos e assim podem acabar em locais indevidos, como sapatos, roupas e frestas de sofá.
Outro fator que provoca a evasão dos bichos para a superfície é o uso de inseticida, arma letal para o alimento dos escorpiões: as baratas. “Eles dificilmente morrem com a aplicação, mas se distanciam do local porque é irritante para eles”.
As espécies mais comuns são a Tityus serrulatus conhecida como escorpião-amarelo E Tityus stigmurus conhecida com escorpião amarelo do Nordeste esses dois tipos demandam mais cuidado pois a picada pode ser letal.
Cuidados  para evitar escorpião
· Manter a casa limpa, retirando acúmulos de sujeira atrás de móveis, cortinas e tapetes;
· Limpar o quintal ou jardim, para evitar acúmulo de entulhos e lixo nestes locais;
· Evitar andar descalço ou colocar as mãos em buracos ou frestas;
· Manter animais como galinha, coruja, gansos ou sapos no quintal, pois são predadores dos escorpiões;
· Inspecionar roupas e calçados antes de usá-los. 
A limpeza é importante, pois, locais sujos, com infestação de baratas e ratos, por exemplo, atraem mais facilmente animais peçonhentos como, escorpiões, aranhas e cobras.

Principais sintomas da picada
Os sintomas da picada de escorpião são dor e inflamação no local da picada, com vermelhidão, inchaço e calor local que dura de algumas horas até 2 dias, mas, em casos podem acontecer sintomas mais graves, como:
·         Enjoo e vômitos;
·         Tontura;
·         Dor de cabeça;
·         Tremor e espasmos musculares;
·         Suor;
·         Palidez;
·         Sonolência ou agitação
·         Pressão baixa ou pressão alta;
·         Batimentos cardíacos acelerados ou fracos;
·         Falta de ar.
Em casos muito raros, a picada de escorpião pode causar até arritmias e parada cardíaca, que podem levar a morte, se a pessoa não for rapidamente atendida e tratada.




Como é feito o tratamento

Para aliviar a dor e a inflamação no local da picada, é recomendada a aplicação de compressas com água morna, e o uso de analgésicos ou anti-inflamatórios, como dipirona ou ibuprofeno, por exemplo, receitados pelo médico. 
Em pacientes com sintomas mais graves, é necessário o uso do soro antiescorpiônico, que será prescrito pelo médico do pronto atendimento, para cortar o efeito do veneno no organismo. Nestes casos, também é feita a hidratação com soro fisiológico na veia e observação por algumas horas, até os sintomas terem desaparecido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Divulgação Matéria 2


Páginas