Em Crateús: lançada a 33ª edição do Projeto Hora de Plantar - Portal de Notícias CE

Portal de Notícias CE

www.portaldenoticiasce.com.br

 



Última Hora

Divulgação topo

Divulgação 1 Matéria

 


Web Rádio Portal de Notícias CE

TV Portal

 

quinta-feira, 21 de novembro de 2019

Em Crateús: lançada a 33ª edição do Projeto Hora de Plantar

 Imagens: André Gurjão
O Governo do Ceará, através da Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA), lançou a 33ª edição do Projeto Hora de Plantar na manhã desta quarta-feira (20). A solenidade aconteceu no armazém do projeto localizado em Crateús e deve distribuir em todo Estado 3.140 toneladas de sementes, 5 mil m3 de maniva de mandioca, 4,5 milhões de raquetes de palma forrageira e 620.500 mudas frutíferas, de caju anão precoce e de mudas de essências florestais e nativas até fevereiro do próximo ano.
“O Hora de Plantar chega à idade de Cristo: são 33 anos da maior e mais importante política de distribuição de sementes de todo o Nordeste”, saudou o secretário de Desenvolvimento Agrário, De Assis Diniz. No total, 155 mil agricultores serão atendidos pelo projeto iniciado pelo pai do governador Camilo Santana, Eudoro Santana, e o investimento realizado pelo Fundo Estadual de Combate à Pobreza para edição 2019/2020 é de R$ 17,2 milhões.
“Neste momento, dirigimos as nossas preces para São José, nosso padroeiro, para que nos abençoe com uma boa pré-estação e um bom inverno: fazendo com que a mesa do pequeno produtor rural esteja plena dos produtos da agricultura familiar e para que esses produtos cheguem às mesas de todos cearenses”, complementa De Assis.

Pontapé inicial

O lançamento da 33ª edição marca o início do abastecimento dos armazéns regionais de Crateús, Tauá, Barbalha, Milagres e Iguatu. A previsão é de que os cinco primeiros galpões recebam todas as sementes do Hora de Plantar até o início do próximo mês. Já em relação aos armazéns de Quixeramobim, Morada Nova, Marco e Barreira, o abastecimento ocorre em seguida e a distribuição em todos os 182 municípios cearenses atendidos pelo projeto será realizada pelos escritórios regionais da Ematerce, conforme orientação técnica da Secretaria do Desenvolvimento Agrário.
Somente nos 13 municípios do território dos Sertões de Crateús, 29.348 agricultores familiares serão atendidos pelo projeto com a distribuição 73.610 kg de sementes de milho híbrido e variedade, feijão caupi e sorgo forrageiro, além de 165 mil raquetes de palma forrageira, 300 m3 de maniva de mandioca e 52.070 mudas de essências florestais e nativas, frutíferas e caju anão precoce. “Hoje, boa parte dessas sementes já estão armazenadas em nosso galpão e o armazém de Crateús já se articula com a Ematerce para garantir a distribuição aos nossos agricultores”, garante o gerente do armazém regional de Crateús, Daybson Camelo.

Orientação técnica

A entrega obedece à demanda é cadastrada previamente por meio dos escritórios regionais da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ceará. “O Governo do Ceará é um ator muito importante dessa política pública, garantindo uma semente de qualidade e com condições ideais para germinação e desenvolvimento em nossas condições climáticas, mas mais importante ainda é o agricultor que, ao receber essas sementes, precisa obedecer as nossas recomendações sobre o armazenamento dentro de casa, a preparação do solo e a hora certa do plantio”, orienta o coordenador regional da Ematerce, Jorge França.
Também discursaram na solenidade o deputado estadual Carlos Filipe; o prefeito de Independência, José Valdi Coutinho; a secretária de Negócios Rurais de Crateús, Janaína Barbosa; e o diretor-técnico da Ematerce, Itamar Lemos. Além destes, o superintendente do Idace, José Wilson Gonçalves; o secretário de Agricultura de Novo Oriente, Edgard Mourão; o representante do MST, João Paulo; e o empresário Beckman Martins.
Fonte: SDA 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Divulgação Matéria 2


Páginas