Suspeito de estupro de vulnerável é preso pela Polícia Civil em Acopiara - Portal de Notícias CE

Portal de Notícias CE

www.portaldenoticiasce.com.br

Última Hora

Divulgação topo

Divulgação 1 Matéria

Web Rádio Portal de Notícias CE

TV Portal

terça-feira, 10 de setembro de 2019

Suspeito de estupro de vulnerável é preso pela Polícia Civil em Acopiara


Uma ação realizada pela Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), nessa segunda-feira (9), resultou na prisão de um homem de 19 anos suspeito de cometer estupro contra o próprio sobrinho, uma criança de quatro anos de idade. O crime aconteceu, no último domingo (08), em Acopiara, cidade pertencente à Área Integrada de Segurança 21 (AIS 21). O caso foi levado para a Delegacia Regional de Iguatu, unidade plantonista da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) responsável pela região, onde foram realizados os procedimentos referentes ao fato e, em seguida, foi transferido para a Delegacia Municipal de Acopiara.
No último domingo, equipes da Polícia Militar do Ceará (PMCE) foram acionadas para atenderem a uma ocorrência de estupro de vulnerável contra um garoto. Os policiais foram até o local, quando foram informados por familiares da vítima sobre o ocorrido e também que o autor do abuso seria o tio da criança, com quem esta ficou enquanto a mãe saiu e o pai estava no trabalho. Foram realizadas buscas com o objetivo de capturar o suspeito, mas não houve êxito.
Após investigações, foi solicitada prisão preventiva do infrator, que não tinha antecedentes criminais, junto ao Poder Judiciário local. A solicitação foi atendida e nessa segunda os policiais da Delegacia Municipal de Acopiara saíram em diligência e conseguiram prender o suspeito. Ele foi levado para a unidade da PCCE, onde foram realizados os trâmites cabíveis ao fato e ele foi colocado à disposição da Justiça. Foi solicitada a realização de exames no suspeito, devido a familiares alegarem que este sofre de problemas mentais.
Fonte: SSPDS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Divulgação Matéria 2

Páginas