Hospital promove fisioterapia para alívio das dores de acompanhantes - Portal de Notícias CE

Portal de Notícias CE

www.portaldenoticiasce.com.br



Última Hora

Divulgação topo

Divulgação 1 Matéria




TV Portal

segunda-feira, 9 de setembro de 2019

Hospital promove fisioterapia para alívio das dores de acompanhantes


Alongamento e exercícios para aliviar as dores. É assim que acontece todas as segundas-feiras, das 8 às 11h, com a atuação do serviço de Fisioterapia do Hospital Geral Dr. César Cals (HGCC), da rede pública do Governo do Ceará.
O HGCC desenvolve o Programa de Fisioterapia Eliminando a Dor direcionado aos colaboradores e acompanhantes de pacientes. Uma vez por semana, as sessões acontecem no jardim interno da unidade hospitalar.
Os acompanhantes e colaboradores são abordados durante as visitas às enfermarias. Aqueles que setem dor, são convidados a participar da sessão de fisioterapia, que é conduzida por fisioterapeutas e estagiários. Os profissionais utilizam a técnica de terapia manual para proporcionar alívio da tensão corporal. “Recrutamos os acompanhantes com dor, que muitas vezes tem dificuldade de dar atenção ao paciente”, explica Francisco Oliveira Gurgel, responsável pelo programa.
Avaliação dos participantes
O processo inicia com uma avaliação e em seguida alongamento. São sugeridos movimentos livres para avaliar os locais onde os participantes sentem as dores. São feitos pré-testes para localizar a dor e sua extensão. Ao final, os participantes passam por pós-testes para comprovar se realmente as dores foram aliviadas ou, em alguns casos, completamente eliminadas.
“É um procedimento não medicamentoso, sem efeito colateral e com alívio imediato. Utiliza-se também uma escala de dor para acompanhar a progressão do sintoma”, ressalta Francisco Oliveira Gurgel.

Alex Moura da Silva, acompanha a prima internada no HGCC, ele relata ter sentindo dores e ter procurado o serviço. O acompanhante foi recrutado pelo programa e participou de uma sessão. Após os exercícios, já não sentia incomodo nas costas. “Eu me senti melhor, a dor sumiu completamente. Fiquei grato pelo atendimento da equipe, pois fui muito bem tratado”, declara.
Terapia manual
A terapia manual utiliza uma pressão que impede o movimento livre na localização da dor, com as mãos, exercendo uma força de resistência que traz relaxamento posterior e consequente alívio da dor. Atendida pelo projeto, a fisioterapeuta na UTI neonatal do HGCC, Karolyne Vitoriano, diz ter se sentido melhor após sessão. “Sentia dor no pescoço e perto dos ombros e melhorei assim que terminei a sessão. O bom dessa técnica é que não utiliza remédios, que é uma tendência social atualmente”, explica a fisioterapeuta.
As sessões também estão inseridas no processo de vivência dos estagiários de fisioterapia que atuam na prática no HGCC. Ao fim de cada uma delas, também é feita a discussão de caso com estagiários. Como hospital de ensino, o HGCC é campo de estágio dos mais diversos cursos da saúde contribuindo com a formação profissional. O programa acontece semanalmente há 14 anos e já ajudou mais de mil pessoas.
Fonte: Assessoria de Comunicação do HGCC
Repórter/Fotos: Wescley Jorge

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Divulgação Matéria 2

Páginas