IPCE registra aumento acumulado da cesta básica de 9,04% - Portal de Notícias CE

Portal de Notícias CE

www.portaldenoticiasce.com.br


Última Hora

Divulgação topo

Divulgação 1 Matéria




Web Rádio Portal de Notícias CE

TV Portal

sexta-feira, 2 de agosto de 2019

IPCE registra aumento acumulado da cesta básica de 9,04%


O Índice de Preços da Ceasa do Ceará (IPCE), pesquisa que calcula o balanço de 65 produtos do mercado atacadista de Maracanaú, registrou 9,04% de aumento no acumulado de julho de 2018 a julho de 2019 na cesta básica. No mês de julho deste ano, os únicos setores que tiveram aumento foram os de Frutas (+0,12%) e Raiz, Bulbo Rizoma (+3,95%). O setor que registrou maior queda nos preços foi o de Hortaliças e Frutos (-10,83%). De acordo com o analista de mercado da Ceasa-CE, Odálio Girão, no setor da cesta básica O feijão de corda, que apresentou uma excelente colheita nos estados nordestinos, especialmente na Bahia e Pernambuco, contribuiu com uma queda de -13%.
Além do feijão de corda, as maiores quedas foram em relação ao preço da carne bovina (-7,95%) e do milho (-5,83%). O vencedor no quesito aumento foi o frango abatido (+9,10%), seguido do queijo coalho (+3,53%) e do leite longa vida (+2,12%). “Em consequência da boa safra e boas colheitas apresentadas nos estados do Nordeste, em especial no Ceará, na região da Ibiapaba, do Maciço de Baturité, do Baixo Jaguaribe e na região do Vale do Acaraú, destacamos plena colheita para o melão, tomate e a vagem,” explica Odálio Girão.
Já em relação às frutas sofreram queda nos preços: o melão japonês (-23,66%), o melão amarelo (-9,09%) e a melancia (-8,42%). Já a uva Itália registrou aumento (+28,14%), seguida da uva Benitak (+18,61%) e do abacate fortuna (+13,17%). No setor de Folha, Flor, Haste, todos os produtos registraram queda. As maiores foram na couve flor (-19,13%) e na alface crespa (-17,36%).
Na categoria de Hortaliças e Frutos, a vagem macarrão registrou queda de -46,28%, seguida do tomate longa vida (-17,01%) e do pepino verde (-13,33%). As campeãs dos aumentos foram a abóbora leite (+23,46%), abóbora caboclo (+21,95%) e a abóbora jacaré (+13,75%). A cebola roxa e a cebola pera lideram o aumento de preços no setor Raiz, Bulbo, Rizoma, atingindo os percentuais de 42,53% e 33,46%, respectivamente. Já a batata inglesa teve queda de 15,39% e a cenoura nantes de 5,31%.
Assessoria de Comunicação da Ceasa/CE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Divulgação Matéria 2




Páginas