Rádio - Joãozinho chuta o pau-da-barraca, desqualifica Junior e diz que grupo terá candidato a prefeito - Portal de Notícias CE

Portal de Notícias CE

www.portaldenoticiasce.com.br


Última Hora

Divulgação topo

Divulgação 1 Matéria




Web Rádio Portal de Notícias CE

TV Portal

segunda-feira, 15 de julho de 2019

Rádio - Joãozinho chuta o pau-da-barraca, desqualifica Junior e diz que grupo terá candidato a prefeito


O clima volta a esquenta na política pedrabranquense, o ex-chefe de gabinete da gestão Góis no município de  Pedra Branca, Joãozinho do Monteiro, literalmente chutou o pau-da-barraca, deixando transparecer sua chateação com o atual prefeito de Pedra Branca,  Gilberto Junior
Durante sua participação no Programa Tribuna do Povo,  que tem apresentação do radialista  Souza Neto, na Rádio AM Trapiá, Joãozinho  disse que o município está sem comando, comparando a um barco à deriva, relatou que é amigo do prefeito, que ele é gente boa,  porém o mesmo não serve para ser prefeito, afirmando ainda, que ele não é um comandante, e sim, um comandado. João ainda insinuou que os vereadores é que dão as ordens no município. 

Turante sua participação, João disse que seu grupo político (Gois),  fez de tudo para dá crédito a gestão, que o Gois foi perseguido,  mentiram e prederam o ex-prefeito.



João disse que a partir de agora, terão outra postura, seu grupo terá um candidato ao executivo municipal, será  uma pessoa seria.
 O ex-secretário relatou que ele próprio fará um programa aos domingos, atendendo as reivindicações do povo do município.

Ouça na Integra:



Em Tempo

Antônio Góis  foi afastado por uma operação realizada pelo Ministério Público do Ceará (MPCE) e Polícia Civil, após ser preso no dia 23 de Janeiro.
Acusado de ser um dos principais beneficiados num esquema milionário de fraudes em licitações, culminando no desvio de dinheiro público.

O então vice-prefeitoGilberto Júnior,  tomou posse dois dias depois.
Gois chegou a ter vários pedidos de habeas corpus  negado pela justiça, até que os vereadores afastaram novamente por 180 dias e iniciaram um processo de impeachment.
Gois acabou surpreendendo à todos com seu pedido de renúncia.

Em tempo II

Para muitos em Pedra Branca, a renúncia de Gois,  seria  um acordo político, entre o prefeito a fastado e o interino. Junior nega a existência de um acordo.
Já para outros, seria uma jogada politica para evitar a iminente cassação.
É bem verdade que a mesma emissora de rádio atenuou as cobranças na gestão, mas o clima já não era o mesmo.

Em Tempo III

Mesmo com seu nome na justiça, o ex-prefeito Gois, continua sendo um nome forte. porém,  um pouco fragilizado.

Em Tempo IV

Junior tem mostrado ser um prefeito que zela pelo certo, mas a população e seus representantes tem reclamado da dificuldade de encontrar o político, para resolução de problemas.

Portal de Notícias CE 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Divulgação Matéria 2




Páginas