Alunos do Projeto Lutando Pela Paz conquistam 31 medalhas em torneio nacional de jiu-jitsu - Portal de Notícias CE

Portal de Notícias CE

www.portaldenoticiasce.com.br



Última Hora

Divulgação topo

Divulgação 1 Matéria




TV Portal

terça-feira, 30 de julho de 2019

Alunos do Projeto Lutando Pela Paz conquistam 31 medalhas em torneio nacional de jiu-jitsu


No último fim de semana, 41 atletas do “Projeto Lutando Pela Paz”, pertencentes a Unidades Integradas de Segurança (Uniseg) de Fortaleza, mostraram todas as suas habilidades durante o Campeonato Harpia Brasil de jiu-jitsu. A competição foi realizada nos dias 27 e 28 de julho, no Ginásio Paulo Sarasate, e contou com a participação de destaques da modalidade no País. Dos representantes do projeto, que é conduzido pela Polícia Militar do Ceará (PMCE), 31 conquistaram medalhas nas categorias Infantil e Infantojuvenil.
Os atletas integram o projeto que fica sediado no 19° Batalhão Policial Militar (BPM) e atende o total de 132 jovens dos bairros Cajazeiras, Jardim das Oliveiras e Cidade dos Funcionários. Além de jiu-jitsu, o 19º BPM disponibiliza aos moradores aulas de violão: o “Violão Comunitário”. Há também aulas de capoeira e de ritmos, que atendem à comunidade de forma gratuita.
Em pouco mais de um ano, o projeto social do 19º BPM é parte da doutrina de Polícia Comunitária das Unidades Integradas de Segurança (Unisegs) para os moradores dos territórios delimitados, no âmbito do Pacto por uma Ceará Pacífico. Policiais da própria região atuam como instrutores que buscam desenvolver a consciência cidadã e afastar os jovens da criminalidade.
Ações nas Unisegs
A Polícia Militar realiza uma série de ações específicas junto às comunidades, como o trabalho de conscientização nas escolas, mediação de conflitos, combate à violência contra mulheres, visitas às residências, entre outras. As ações são realizadas por equipes do Grupo de Apoio às Vítimas de Violência (GAVV), do Grupo de Segurança Comunitária (GSC) e do Grupo de Segurança Escolar (GSE). Além disso, projetos como o Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd) e outras ações sociais que oferecem esporte e arte para os moradores das comunidades também funcionam nos territórios.
Os atletas fazem parte das Uniseg 16 e 17, que compreendem os bairros Aerolândia, Alto da Balança, Cajazeiras, Cambeba, Cidade dos Funcionários, Edson Queiroz, Jardim das Oliveiras, José de Alencar, Parque Iracema, Parque Manibura, Sabiaguaba e Sapiranga.
Fonte: SSPDS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Divulgação Matéria 2


Páginas